Fundado em 1939
FOTO CINE CLUBE BANDEIRANTE
Visite o site da Confederação Brasileira de Fotografia e Cinema
 
Declarado de utilidade pública estadual pela lei 839 de 14 de novembro de 1950
Cursos
Associe-se
Informativos
História
Exposições
Artigos
Tabelas de Revelação
Fotoclubes pelo Brasil
Descontos p/ sócios
Área dos sócios
FCBPress
Passeios Fotográficos
Concursos e Salões
Serviços
Eventos
Diretoria
Professores
Fale conosco
FCCB 64 anos

Cursos

Veja a relação de cursos ministrados pelo Foto Cine Clube Bandeirante e inscreva-se.

(11) 3214 4234

clique aqui

 

 

História Foto Cine Clube Bandeirante

Foto Cine Clube Bandeirante - história* 

Continuação

As "senhoras" do Bandeirante - esposas dos associados participando de evento

"Para os grandes males, grandes remédios"... diz o ditado popular. E assim pensando, como meio para atrair a atenção dos aficionados , da imprensa e do público em geral, para a fotografia e para o clube, a Diretoria lançou-se à realização do 1º Salão Paulista de Arte Fotográfica. Apesar da denominação, teria âmbito nacional. Mas somente em 1942 a idéia seria concretizada. Nesse ínterim , várias alterações ocorreram na Diretoria, que continuava presidida por Francisco B.M.Ferreria ( O Chiquito) .Para a Vice-presidência, foi Lauro Maia, 1º secretário ,Ângelo Waldomiro Moretti; Diretor de excurções,José V.E. Yalenti e Diretor de Publicidade, Plinio Silveira Mendes. 

Conquistou-se a adesão do grande Prefeito Dr. Francisco Prestes Maia e seus Secretários Dr. Francisco Patti, da Cultura, e Dr. Cristiano Ribeiro da Luz, de Obras. Para a exposição obteve-se o "Salão Almeida Júnior", na Galeria Prestes Maia, nos baixos do Viaduto do Chá, na Praça do Patriarca. A Prefeitura apoiaria o Salão também com a impressão do seu catálogo. 

O Salão foi ,finalmente, inaugurado a 3 de outubro de 1942, com amplo sucesso. Além das fotos nacionais, pela primeira vez no país se exibiam, "ao vivo", fotografia de autores estrangeiros: na seção "Boa Vizinhança"(fora do concurso) ,especialmente convidados, artista fotógrafos argentinos, dos Foto Clubes de Concórdia e de Rosário, com os quais o Bandeirante iniciara intenso intercâmbio.

 

Fotos expostas - Salão de 1942

 

Inauguração de Salão

 

O Júri do salão ,composto por Adhemar Queiroz de Morais, Antenor Liberato de Macedo, Benedito J. Duarte, Benedito B.Barreto(Blemonte) e Carlos Vieria de Carvalho, conferiu o 1º prêmio a um belo duplo-retrato de um casal de anciões ("Mascaras da Velhice") de autoria do profissional Hejos( Henri Joseph) ; o 2º prêmio coube a Kasys Vosylius, do rio de Janeiro; o 3º prêmio, a Raul dos Santos Carvalho, também do Rio; o 4º a Jorge Bittar, e o 5º a Herman Binder, ambos de São Paulo." Menções Honrosas " foram concebidas a Kazys Voslius, Hermes Cardoso e Ely A. Germano, (ambos de Curitiba) ,Max H.Wirth ,de Guararapes, e Thomas J.Farkas, Luiz F..Lima,Eduardo Salvatore,Lauro Maia ,Guilherme Malfatti,Plinio S.Mendes e José V.E.Yalenti, todos de São Paulo. 

Capa do Catálogo do 1º Salão Paulista de Arte Fotográfica

com a foto "Mascaras da Velhice" de Henri Joseph

 

A repercussão desse primeiro salão foi enorme, e na verdade , ele veio consolidar a posição do Bandeirante. Seu quadro social aumentou e ele pode dar inicio, com mais tranqüilidade , aos empreendimentos que haveriam de projetar o seu nome no cenário fotográfico mundial. 

Entregas de diplomas 1ºSalão (Photo Acervo FCCB)

Inauguração de Salão

No centro Eduardo Salvatore e ao fundo José Yalenti (de óculos)

Na assembléia geral realizada no fim desse ano foi eleito presidente, Eduardo P.P.Salvatore, que iniciou sua gestão em janeiro de 1943.Além de dar maior ritmo as atividades internas, incrementou a participação dos bandeirantes aos principais salões realizados no estrangeiro, onde principiaram a conquistar inúmeros prêmios. 

O 2º Salão , ainda nacional ,mas trazendo na Seção "Boa Vizinhança"os autores dos Foto de Concórdia e Rosário, da Argentina, e o Foto Clube Uruguaio, de Montevidéu , Uruguai, realizou-se em novembro de 1943.Ele trouxe outra novidade: também pela primeira vez no país ,os fotógrafos profissionais da nossa imprensa, filiados a Associação Paulista de Imprensa, puderam exibir seus trabalhos no "Estande Dr. José Maria Lisboa Jr.",em homenagem a esse insigne jornalista. 

Animados com o êxito desse salão, os "bandeirantes" não tiveram duvidas: não obstante a guerra que se alastrava, deram ao 3º Salão(novembro de 1944) âmbito internacional de oito países ,entre eles os Estados Unidos da América do Norte e a Inglaterra .Dai por diante, o Salão seria sempre internacional. 

Capa do Catálogo do 3º Salão Paulista de Arte Fotográfica de 1944

Em 1945 amplia-se o Clube com a adesão de importante grupo de cineastas amadores. Cria-se o Departamento de Cinema,sob a direção de Jean Jurre Roos que. ao falecer , foi substituído por Jean Lecoq.O clube altera seu estatuto, e passa a denominar-se FOTO CINE CLUBE BANDEIRANTE . A sede da rua São Bento tornou-se acanhada... 

Contando na administração com um grupo de associados extremamente dedicados ,como Plínio S.Mendes ,José V.E. Yalenti, Ângelo F.Nuti ,Fernando Palmério , Maio Fiori ,José Galdão,Arnaldo Machado Florence , Lindau Martins, Mario José Jorge ,Gaspar Gasparian Antonio da Silva Victor ,Manoel Morales Filho,e outros ,- todos eles excelentes fotógrafos o FCCB surpreendeu o mundo fotográfico em 1949,com a aquisição de uma ampla sede própria, à Rua Avanhandava 316. Foi o primeiro foto - clube do mundo a lograr tal feito ,sem qualquer auxilio oficial.( Alias ,nunca teve)... 

Textos sobre aquisição da sede própria

1- Aquisição

2 - Inauguração 1

3 - Inauguração 2

Montagem de Salão pelos membros da diretoria e associados

O "Bandeirante" pode , assim incrementar ainda mais suas atividades: instala os primeiros cursos de fotografia e cinema que se realizaram no país; promove os primeiros Festivais Nacionais e Internacionais de Cinema Amador; o Boletim Informativo (criado em 1946) na revista "Foto cine"; realiza exposições com renomados autores do país e do estrangeiro , seminários ,debates ,palestras , etc... 

Boletim Informatico nº 1 - Maio de 1946

 

Revista Foto Cine Som de 1975

Sob sua inspiração e orientação , vários outros foto-clubes se organizaram no interior do Estado e em outros Estados do Brasil. Em dezembro de 1950 ,promove a 1º Convenção Nacional de Arte Fotográfica, reunindo delegações de todos os foto - clubes então existentes. Presidiu - a o veterano Dr. João Nogueira Borges, Presidente - Perpétuo do Foto Clube Brasileiro. Dentre outra inúmeras resoluções destinadas à maior divulgação e aperfeiçoamento da arte fotográfica ,dessa convenção resultou a fundação da Confederação Brasileira de Fotografia e Cinema, que passou a representar o Brasil na "Federation Internationale de l"Art Photographique - FIAP . 

Página no Informativo Bandeirante sobre a Convenção

Pouco antes,pela lei Estadual nº 839 , de 14 de novembro de 1950, a Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo havia declarado o Foto Cine Clube Bandeirante "Entidade de Utilidade Pública". 

Com o correr dos anos, também a sede da Rua Avanhandava se tornou pequena. E, meados de 1970, repetindo o feito anterior, o clube adquiriu outra, maior e mais confortável, a atual sede a rua José Getúlio,442, onde se prossegue em suas atividades . Destacados artistas-fotógrafos e dirigentes de foto clubes estrangeiros que a visitaram , entre os quais o Dr. Maurice Van de Wyer , fundador e Presidente de Honra da "Federacion Internationale de l'Art Photographique", a consideram-na uma das melhores e mais bem aparelhadas do mundo. 

Visita do presidente da FIAP Dr. Maurice Van de Wyer ao FCCB (a direita)

Veja aqui informativo Bandeirante da época da visita do presidente da FIAP em São Paulo - clique aqui

Boletim Foto Cine 1956 - Presidente da FIAP no aniversário de 17 anos do Bandeirante veja abaixo:

página 1 | página 2 | página 3 | página 4

Antes e Depois do Bandeirante 

Evidentemente, todas essas realizações granjearam grande prestígio para o Foto Cine Clube Bandeirante. Seu maior renome adveio , porém ,das novas concepções que trouxe para a fotografia artística brasileira,sendo equiparado aos grandes grupos fotográficos renovadores de outros, como por exemplo o "Fotoform",na Alemanha, o"Bussola"na Itália; o " Grupo dos XV"na França ;o "La Ventana"no México. 

Palestras sempre cheias no Bandeirante

Com efeito, ao ser fundado o Foto Cine Clube Bandeirante, em 1939, na fotografia brasileira, como alias , na grande maioria das sociedades fotográficas,salões e exposições de todo o mundo,ainda prevaleciam os conceitos clássicos e os processos de nominados "artisticos",como o bromóleo, goma-bicromatada, carbro,etc.Éra o "pictorialismo", grandemente influenciado pela pintura acadêmica: as paisagens em meio tons, suaves; a natureza morta; os retratos de velhos barbudos... que tinha seu grande arauto na "Photographic Societ of América - PSA "e no Brasil , o Foto Clube Brasileiro, com João Nogueira Borges, Herminia Nogueira Borges, Guerra Duval, Djalma Gaudio, Jayme H.Távora,Bellini de Andrade e outros. 

Palestras no Bandeirante

Em São Paulo, no Bandeirante, eram expoentes dessa "escola",entre outros, Valencio de Barros, Heitor de Assis Pacheco,Carlos Quirino Simões, Ismael Alberto de Souza, Guilherme Malfatti, Waldomiro Moretti, Domingos Busnelli,Claudio Pugliesi, Henri E.Laurent,Plinio S.Mendes...O "Pictorialismo"fotógrafo prevaleceu nos dois primeiros salões. 
  

Passeio Fotográfico Bandeirante
  

< voltar | continuar >

 

 

Central de Atendimento - FCCB
Qualquer informação sobre o funcionamento do FCCB, cursos, associação : atendimento@fotoclub.art.br

  Design e construção - Webmaster

 

Destaques

. Entrevista com o Presidente do FCCB

Veja a entrevista com o presidente do Foto Cine Clube Bandeirante , José Luiz Pedro feita por Raul Feitosa para o FCBPress.

clique aqui

 

Destaques

. Estatuto Social

Se você planeja abrir seu próprio Foto Clube ou Grupo fotográfico, conheça o Estatuto Social do FCCB para saber como proceder.

clique aqui